11-3741-0199 | 11-99615-7778
contato@institutouniao.com.br

Dança Clássica Indiana

Dança Clássica Indiana | Fotos | Videos

logo-odissi-1

www.dancaindiana.com.br

 

O Instituto União é a Sede Escola do Projeto SATI ODISSI dance coordenada pela Professora e Bailarina de Odissi Elaine Lilli SATI  desde de 2015 . Hoje o Instituto oferece treinamento gratuito através deste projeto , no qual as inscrições são realizadas através de um processo seletivo de dois em dois anos .

 

A Dança Clássica Indiana é dividida em Nritta (dança pura ou abstrata) e Nrittya (dança expressiva). A expressiva tem como objetivo contar as histórias dos Deuses da mitologia hindu com fundo filosófico, cultural e religioso ou devocional.

A Dança Clássica Indiana pode ser rastreada até 400 aC, aos tempos de Natya Sastra de Bharata Muni. Na verdade, Bharata’s Natya Sastra, considerada a Bíblia da Índia, é a fonte mais importante para determinar as características das danças.

O Natya Shastra abrange vários elementos como cenografia, dança, maquiagem, musica clássica , mimicas, figurinos, sentimentos e emoções escrito em Sancrito com um texto em 6 capitulos composto de 6.000 sutras ou versos.

Natya é a junção de drama (atuação), música e dança, Shastra quer dizer escritura. Literalmente os termos natya significa = drama ou teatro e veda = conhecimento.

É dito que Natya Shastra foi composto pelo Deus Brahma, extraído dos quatro Vedas, assim Natya Shastra é também de chamado de Natya Veda, pois Brahma teria incorporado nele todas as artes e ciências que havia nos Vedas. Do Sama Veda ele retirou a música, do Rig Veda a poesia e a prosa, do Yajur Veda o gestual e a maquiagem e finalmente do Atharva Veda a representação dramática. Os Vedas não foram comunicados aos homens e só podem ser conhecidos graças ao profeta Bharata que traz aos humanos o Natya Shastra. Assim, Natya Shastra seria um quinto Veda, acessível aos humanos de todas as castas, para ser praticado por todos.

ODISSI

odiss-47

O Odissi é uma dança ritual que se originou no Templo do Sol em Konarak, em meados do século II a.C.. O seu santuário e o espaço para a dança foram construídos na forma de uma carruagem do deus sol, Surya, com 24 rodas puxada por sete cavalos. Em frente à carruagem está o espaço destinado à dança Odissi, o Natamandira. Lá estão esculpidos todos os movimentos básicos da dança.

A dança ritual era realizada exclusivamente pelas dançarinas dos templos, chamadas Maharis. Simbolicamente casadas com o deus do universo, Lord Jagannath, as Maharis viviam e dedicavam-se ao serviço interno dos templos.

 O serviço interno dos templos foi interrompido por volta do século XVI, devido a várias invasões estrangeiras no estado aonde o templo está localizado. Nesta época surge uma casta de meninos que ofereciam-se a Lord Jagannath para substituir as Maharis. Essa classe de jovens dançarinos que vestiam-se como meninas tornou-se conhecida como Gotipuas.

Assim, a dança Odissi veio para fora dos templos e passou a ser apresentada em praças públicas e nas cortes

                                            _________________________________________________________________________________

HORÁRIOS DAS AULAS

      segundas e quartas dás 15h30 às 16h45 – Projeto Sati Odissi Dance

            AULA PARTICULAR E APRESENTAÇÃO : whats  11 99615 7778

_________________________________________________________________________________